Talento Digital – Milionário aos 26 – Tudo por Causa de um Acesso a Internet.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

[headline style="16" font_size="22" font_font="Impact" font_style="normal" font_color="%23fbf4f4" align="left" headline_tag="h2" line_height="30" highlight="%23af0e0e" top_margin="0" bottom_margin="0"]
Aos 26 Milionário por não se conformar com bloqueio.
[/headline]

Uns dizem que é por mau comportamento, outros que é um jovem Talentoso.
Para mim simplesmente uma pessoa que estava atenta as falhas das empresas que oferecem serviços e visão das grandes vantagens em superar essas falhas.

Todos nós do Marketing sabemos que ao usarmos algum serviço na internet e não ficarmos contentes com o que nos é oferecido, nada de errado, se você gosta do que vai se propor a fazer melhor e realmente ver isso como uma oportunidade de negócio.

Foi o que o Jovem Jack Cator fez ao tentar furar o bloqueio dos servidores da sua escola, na Inglaterra.
Veja relato da BBC Mundo.

Diga-se de passagem, que é irônico o nome que deu a sua empresa construída numa simples tarde em sua casa. Isso faz lembrar de alguém? (Kkkkkk)

O jovem que se tornou um milionário por mau comportamento na escola.

Jack Cator, 26, acaba de vender sua empresa de Internet "Hide My Ass" (EscondA minha bunda) por US $ 60 milhões e tudo começou a partir de uma ideia que eu tive quando eu estava participando dos últimos anos do ensino médio. (*)

BBC / 2015/05/18 - Clique para ver o Texto Original

Poucas pessoas podem dizer que se comportam mal na escola tem como resultado direto, aos 26 anos, 10 anos depois, se tornarem bilionários.
Britânico Jack Cator é uma dessas pessoas: sua fortuna vem em parte de seus momentos de indisciplina na escola.
Em 2005, quando tinha 16 anos, Cator estava cansado de sua escola, na cidade britânica de Norfolk. Algumas escolas por lá têm programas instalados em computadores que bloqueiam o acesso à Internet para impedir que os alunos pudessem baixar músicas e jogar online.
Então, com o seu profundo conhecimento em código de programação, mas empírica, conseguiu invadir o sistema.

"Eu pensei que seria divertido para ignorar os filtros impostas pela escola", disse ele à BBC .

Para burlar o acesso, utilizou um site que possibilitava ele se vestir com os perfis das pessoas que tinham o direito ao acesso, assim evitando o bloqueio dos programas instalados pelo sistema da escolar.

Tudo isto é conseguido através da ligação a um servidor remoto – localizado fora do país que lhe permitiu navegar anonimamente e confidencialmente. Estes sites on-line fornecer aos usuários com algo chamado Virtual Private Network, VPN por sua sigla em Inglês.

No entanto, apesar de alcançar o seu objetivo de contornar as barreiras impostas pela escola, eu não estava muito feliz com provedores de VPN: eles não eram fáceis de usar e tem muitos anúncios. - Diz Cator à BBC.(**)

Então se decidiu em criar sua própria rede de VPN.
Levou apenas uma tarde, sentado no sofá na casa de seus pais.
E pôs um nome provocante: “Hide my Ass” (“Esconda Minha Bunda”).

[images style="0" image="http%3A%2F%2Ftalentodigital.blog.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2015%2F05%2FCator-em-casa-programando.jpg" width="304" align="center" top_margin="0" full_width="Y"]

Olha o que aconteceu depois, em menos de 10 anos, Cator conseguiu transformar sua ideia em um negócio, e um negócio muito rentável diga-se de passagem. E apenas vendê-lo por US $ 60 milhões de dólares (hoje 24 de maio - cotação à R$ 3,63 - câmbio turismo).
Sua empresa Hide My Ass, se fosse cotado pelo valor do dólar hoje - 24 de maio de 2015 - estaria sendo vendida por nada mais e nada menos que R$ 217 milhões de Reais. Além disso HMA, que Cator criou, conseguiu se tornar um dos maiores provedores de VPN do mundo sem a necessidade de investidores, foi comprado pelo desenvolvedor de software AVG.

Com esse dinheiro, a AVG ficou com uma empresa com mais de dois milhões de clientes, uma renda anual de US $ 3 milhões e vendas de mais de US $ 16 milhões.
Enquanto Cator continuará sendo um simples CEO da Hide My Ass.

[divider style="1"]

Com seu negócio andando, Cator terminou a escola e se inscreveu na Universidade para estudar Computação.

Mas em 2009 decidiu deixar de estudar para poder se dedicar a HMA em tempo integral e aproveitou esse tempo para adicionar um serviço pago, que agora tem mais de 200.000 usuários.

Número que se junta com os quase 2 milhões de usuários que usam sua versão básica, que é gratuita.

[headline style="16" font_size="22" font_font="Impact" font_style="normal" font_color="%23fbf4f4" align="left" headline_tag="h2" line_height="30" highlight="%23af0e0e" top_margin="0" bottom_margin="0"]
Terceirização Necessária
[/headline]

Com esses dois movimentos, HMA começou a crescer e começou a precisar de pessoas.

No Início, seu modo de contratação foi efetuado de acordo com o negócio: Nenhum dos novos funcionários foram contatados pessoalmente por ele e muito menos, foi feito por contato telefônico. Entre eles, um desenvolvedor de sites que vivia em Kiev, na Ucrânia e o serviço ao cliente é um gerente que reside em Belgrado, Sérvia.

Tudo foi feito por E-mail a partir de sua casa em Norfolk.

"Eu realmente recomendo a rota de outsourcing, porque não custa muito você manter um escritório e pode-se encontrar pessoas muito talentosas", disse ele.

[images style="0" image="http%3A%2F%2Ftalentodigital.blog.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2015%2F05%2Fcontrato-tercerizado.jpg" width="624" align="center" top_margin="0" full_width="Y"]
Mas chega um momento que a empresa cresce muito e se percebe as limitações desta forma de se fazer negócios.

"A verdade é que eu me arrependo um pouco de não ter estabelecido um escritório e transformá-lo em uma empresa ", disse ele.

"Quando a empresa cresce chegar rapidamente a um ponto onde eles contratam pessoas remotamente não é o ideal. Há muitas coisas que exigem um nível de confiança diferente", disse o jovem empresário.

Só se deu conta disso depois que um dos seus contratantes no exterior tentou criar uma empresa rival. Afinal todos que querem ganhar dinheiro e não sanar problemas copiam ao invés de melhorar os negócios.

Essa realidade obrigou-o a tomar certas decisões. Ele decidiu fazer tudo na sede e alguns freelancers ajudantes tornaram-se membros em tempo integral.

Ele também se mudou para Londres, onde ele montou sua sede em Soho, criando filiais em Belgrado e Kiev, com os seus parceiros de confiança à frente.

HMA tem atualmente 100 empregados e pode dobrar sua receita este ano.


[headline style="1" font_size="22" align="center" headline_tag="h2"]
Bem vamos lá.
[/headline]

Vamos comentar um pouco sobre os Fatos que o levaram para o sucesso.
Que é por isso que amo muito o Marketing Digital, pois trabalhamos com fatos, sempre as coisas que acontecem e temos como provar e até estudar esses cases e assim aplicar alguma coisa em nossas próprias estratégias ou em nossas vidas.

Além é claro de serem histórias realmente fascinantes e inspiradoras. Uhuaaaaauuu!
Posso até imaginar esse rapaz, nessa idade. O que deve estar se passando na sua cabeça.

[headline style="16" font_size="22" font_font="Impact" font_style="normal" font_color="%23fbf4f4" align="left" headline_tag="h2" line_height="30" highlight="%23af0e0e" top_margin="0" bottom_margin="0"]
(*) Deixar Claro que o Título é bem "Irônico", e que COLA.
[/headline]

Não tem como um tema polêmico não pegar. Até porque hoje sabemos que é um dos Gatilhos mais fortes para se conseguir audiência em pouco tempo.

Quem não quer levantar a bandeira da POLÊMICA hoje em dia, com tantas injustiças e caos que os sistemas sociais encontram pelo caminho?

Por isso que se trata de um Gatilho poderoso para se usar, quando se sabe o que se quer realmente entregar.
Pois, quando usamos, apesar de ser polêmico, usamos na esperança de chamar a atenção, mas por outro lado dizer que ainda conseguimos encontrar algo que realmente ainda vala a pena a seguir as regras criadas pela sociedade. Mas é claro com um pouco mais de melhoramento...kkkkkk

[headline style="16" font_size="22" font_font="Impact" font_style="normal" font_color="%23fbf4f4" align="left" headline_tag="h2" line_height="30" highlight="%23af0e0e" top_margin="0" bottom_margin="0"]
(**) Ele Observou que o Serviço Poderia ser Melhorado!
[/headline]

Outra característica de pessoas que tem o poder de se tornarem TALENTO DIGITAL, é o de observar e fazer melhor. Entregar algo melhor é o que a mente dessas pessoas tem em comum.

Isso me faz me lembra de um Jovem Cineasta Brasileiro que observou isso no lado das Web Séries e nada mais que se tornou o primeiro Pai da Web Série de Ficção Científica (SI-FI) e Fantasia Brasileiro e mostrou que os Brasileiros têm pessoal e mão de obra especializado para fazer a diferença. (Veja em Breve nesse Blog - Mas você poderá ainda ver a série deles CLICANDO AQUI - ONDA ZERO.)

[headline style="16" font_size="22" font_font="Impact" font_style="normal" font_color="%23fbf4f4" align="left" headline_tag="h2" line_height="30" highlight="%23af0e0e" top_margin="0" bottom_margin="0"]
(***) Saber que no Início tudo pode começar por uns E-mails, mas vem o Crescimento.
[/headline]

Realmente ter um negócio digital é bem fácil, porque tudo é feito por e-mails. Contratar pessoas em toda parte do mundo é fácil. Quando você sabe falar inglês aí fica melhor ainda, pois você pode fazer como ele que contratou mão de obra especializada e com uma vantagem que nós que trabalhamos com isso tem....

SUA EMPRESA FUNCIONAR 24 HORAS SEM TER QUE PAGAR HORA EXTRA.

Porque todos nós sabemos que em algum lugar do mundo já é manhã enquanto aí na sua casa está começando a longa noite do final do dia e, uma curta madrugada de um novo dia.

[headline style="16" font_size="22" font_font="Impact" font_style="normal" font_color="%23fbf4f4" align="left" headline_tag="h2" line_height="30" highlight="%23af0e0e" top_margin="0" bottom_margin="0"]
(****) Ser uma Empresa e Ter uma Sede é fundamental quando se trata de informações de extremo valor.
[/headline]

Quando um negócio começa a dar sinal de crescimento e de informações centralizadas com pessoa de extrema confiança, fica inadiável sua existência como Empresa.

Não tem como evitar um controle das informações que fizeram sua empresa crescer. Até porque é nessa hora que cooperadores querem tomar posse daquilo que com muito carinho ou sacrifício você construiu.

[headline style="16" font_size="22" font_font="Impact" font_style="normal" font_color="%23fbf4f4" align="left" headline_tag="h2" line_height="30" highlight="%23af0e0e" top_margin="0" bottom_margin="0"]

Observações da BBC - Mundo que eu concordo plenamente:

[/headline]

  1. Apesar de ser um estudante de 16 anos, Cator, mesmo assim, sabia alguma coisa sobre a arte de se Fazer Negócios através de sites e sabia que HMA poderia tornar-se um fenômeno comercial.
  2. Então ele começou a divulgar o seu site em fóruns na Internet para criar algum buzz em torno de sua ideia.
    Fazer Buzz na Internet é uma das armas poderosas para realmente desperta as pessoas que usam, que procuram por soluções e não encontro ou, quando te descobrem, admiram aquilo que você está fazendo. Aquilo que você está se esforçando por melhorar e transformar.
  3. A maneira da HMA fazer o dinheiro é um termo conhecido como "marketing de afiliado" (marketing da filial, em Inglês). Em linguagem simples, isto significa que o Hide My Ass recebe uma comissão a partir das pessoas que visitam o seu site e compram alguma coisa que ele ofereceu de outros produtores de produtos digitais ou pessoas que pagam para ele linkar com seus produtos - (observações minhas).
  4. Dentro de um mês de operação, HMA foi capaz de se conectar milhares de usuários em todo o mundo e alcançou em seus primeiros meses a receita de US 22.000 dólares ano.

[images style="0" image="http%3A%2F%2Ftalentodigital.blog.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2015%2F05%2Fcator-milhonario-jovem-de-26-anos-2015-1.jpg" custom_width="Y" width="900" custom_width_val="800" align="center" top_margin="0" full_width="Y"]

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Deixe uma resposta